Algumas rimas pobres de luto

rosa preta

Partem,
como as folhas de outono que caem no chão
como pássaros que migram ao mudar a estação
como a chama da vela que queima até se apagar
As almas partem

Para qual lugar?

Deixam para trás toda sua história
tudo o que foram, tudo o que possuíram, tudo aquilo que tocaram
Deixam todos aqueles que conheceram
e todos que amaram

Deixam suas alegrias, suas conquistas, seu sofrimento
e partem causando tormento
naqueles que Deus não escolheu levar

Tudo o que nos resta é a lembrança
a saudade e a esperança
de que um dia possamos nos reencontrar

As almas partem
e as almas deixam a tristeza em seu lugar.



11 comentários:

  1. que poeminha mais lecaaal <3 amei!

    beijimmm
    idiomafashiom.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Puxa, não sei se perdeu alguém recentemente, se sim desejo que seu coração se acalme e cicatrize. A dor da perda é algo que nunca some, mas ameniza.
    Gostei muito das palavras, traduz bem o que eu penso sobre partir...

    Beijos!
    http://www.triboalternativa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Carolina! Perdi meu vô, e realmente, a dor nunca some, mas sei que com o tempo ameniza.
      Obrigada pelas palavras... <3

      Excluir
  3. Respostas
    1. kkkkk meu lado poeta aflorando
      Obrigadaaaa <3

      Excluir
  4. Muito legal o poema, mas isso é a puro verdade. Nada e ninguém é eterno, tudo um dia parte, um dia se vai, mas não se vai literalmente, sempre fica um pedaço, as lembranças e etc. Eu vi que nos comentários, você disse ter perdido seu avô. Sinto muito por você, lindona! Beijinhos ♥

    karolinysantanna.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi flor, estava fuçando seu blog e vi seus textos, curti bastante e gostaria de saber se vc gostaria de publicar no meu blog, vou deixra meu link pra vc dar uma passadinha depois.

    Abraços!

    Evelyn Oliveira
    cupcakerock.blogspot.com
    @evelyncmo

    ResponderExcluir
  6. Oi flor, estava fuçando seu blog e vi seus textos, curti bastante e gostaria de saber se vc gostaria de publicar no meu blog, vou deixra meu link pra vc dar uma passadinha depois.

    Abraços!

    Evelyn Oliveira
    cupcakerock.blogspot.com
    @evelyncmo

    ResponderExcluir
  7. Nossa, chorei com seu poema, sinceridade. Recentemente eu perdi a minha mãe, Deus a chamou, e ela foi, com tudo isso tirei a conclusão de que tudo parte, mas fica eterno o que ela fez ou deixou para atras.
    Pelo poema Juliana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Realmente, o que a gente faz e tudo o que a gente foi permanece na lembrança daqueles que ficam...

      Excluir